A greve dos funcionários celetistas do Hospital de Clínicas, da Universidade Federal do Paraná, deve continuar até a próxima segunda-feira. Hoje, a direção do hospital e do sindicato da categoria participaram de uma audiência conciliatório no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), mas não chegaram a nenhum acordo. No próximo dia 26 o TRT vai julgar a causa.
Os servidores estão reivindicando um reajuste de 18,75%, já a direção do HC acena com a possibilidade de conceder até 7%.  (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)