Professores da rede estadual de ensino do Paraná decidiram paralisar hoje suas atividades, deixando sem aulas cerca de 1,5 milhão de alunos de 2.100 escolas públicas.

Eles protestam contra o veto do governo que derrubou o pagamento, retroativo a fevereiro, do reajuste médio de 33% concedido à categoria ? diferentemente do que estava previsto pelo projeto inicial do plano de cargos e salários enviado à Assembléia Legislativa.

Neste momento, os grevistas estão concentrados na Praça Santos Andrade, no centro da cidade, de onde devem sair em passeata até a Assembléia Legislativa e, em seguida, ao Palácio Iguaçu, onde esperam ser recebidos por algum representante do governo estadual.