A vitória judicial inédita de um grupo de lojistas de shopping tradicional de Curitiba vai beneficiar pequenos e médios empresários e instituir regras mais justas nos contratos do mercado brasileiro de shopping centers. Os detalhes da sentença obtida no Tribunal de Alçada do Paraná e os impactos da decisão que cria jurisprudência serão esclarecidos amanhã, em entrevista marcada para a Associação Comercial do Paraná.

A ação da Associação dos Lojistas do Shopping Curitiba se baseou no fato de que, sem a autorização de todos os lojistas, o shopping beneficia cerca de 50 lojas com descontos de condomínio, repassando para as demais 100 lojas o custo da vantagem concedida às empresas que bem entende. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)