Brasília, 21 (AE) – O governo criou hoje um grupo de trabalho interministerial com objetivo de reativar o Programa Espacial Brasileiro. Entre os projetos que serão avaliados e receberão novas propostas de trabalho está o lançamento do Veículo Lançador de Satélites (VLS), a partir do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, que enfrentou graves problemas e teve seus projetos paralisados com a explosão de um foguete no ano passado.

O grupo de trabalho será formado por representantes da Agência Espacial Brasileira (AEB) e Ministérios da Defesa e Ciência e Tecnologia. De acordo com decreto assinado pelo presidente em exercício, José Alencar, publicado no Diário Oficial da União de hoje, compete ao grupo propor ações na áreas técnicas, institucional, financeira e de cooperação internacional que visem o fortalecimento da capacidade nacional de lançamento e de construção de satélites; acompanhar a implantação e o gerenciamento das etapas do projeto do VLS e de outros lançadores; além de propor e acompanhar o programa de investimentos e obras de reabilitação da infra-estrutura do Centro de Alcântara. No caso do Centro, o governo quer definir orçamentos e realizar as obras de recuperação da base. A coordenação do grupo será da AEB.