A frustrante eliminação na segunda rodada do Masters Series de Montecarlo deixou Gustavo Kuerten inconsolável. O brasileiro perdeu hoje de virada para o sueco Magnus Norman e encerrou de forma precoce a caminhada rumo ao terceiro título do torneio _foi campeão em 1999 e 2001.

“Vivi um pesadelo depois de abrir 5/2 no segundo set”, disse Guga. Após perder o oitavo game, quando o adversário estava no saque, o catarinense ainda teve a oportunidade de fechar o jogo em 2 sets a 0. Para isso, bastava confirmar seu serviço no game seguinte, mas fracassou e permitiu a reação do rival.

“É difícil perder um jogo como esse. Deixei escapar a chance e o jogo deu uma reviravolta. Fazia bastante tempo que eu não perdia uma partida nessa situação. Foi um deslize e isso é uma lição para mim”, afirmou Kuerten, em entrevista à rádio Jovem Pan.

O brasileiro agora tenta se reerguer para a disputa do Torneio de Barcelona, com início na próxima segunda-feira. “Tenho que esquecer um pouco essa derrota e a melhor forma para fazer isso é treinar.”