Depois de ser eliminado pela terceira vez consecutiva em torneios da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Gustavo Kuerten vive um impasse. O brasileiro culpou o cansaço pela sua frustrante derrota na primeira rodada do Masters Series de Miami para o holandês Raemon Sluiter, com duplo 6/2, em menos de uma hora de jogo. Ele disse que precisa de ritmo de jogo.

?De toda essa seqüência de torneios que joguei, acho que esta foi a semana mais difícil para mim. Não estava me sentindo à vontade com a minha mobilidade e perdi bastante força também?, disse Guga.

?Competi umas seis, sete semanas praticamente seguidas e não tive tempo de parar um pouco para fortalecer novamente a musculatura. Estava bem confiante depois de jogar em Las Vegas e em Indian Wells, mas dei uma caída depois e na parte mental acaba ficando difícil. Mas, de uma maneira geral posso ficar contente, porque há muito tempo não competia tantas semanas seguidas?, acrescentou.

Este ano Guga tem um retrospecto de dez derrotas contra duas vitórias. Nas últimas semanas, ele já havia perdido também nas estréias no Challenger Sunrise e no Masters de Indian Wells. Em Las Vegas fez três partidas, ganhou a primeira, na fase de classificação, e perdeu as outras duas pelo round robin. Já na Costa do Sauípe ganhou um jogo e perdeu outro e caiu na estréia do Challenger de Florianópolis. No Chile, ele sofreu três tropeços, dois em Viña del Mar e outro em Santiago.

Guga só volta às competições no início do próximo mês no confronto do Brasil com o Canadá pela Copa Davis, no dias 6 a 8 de abril, em Florianópolis, pelo Zonal Americano I da competição. O tricampeão de Roland Garros deve permanecer em Miami, treinando mais alguns dias e depois volta ao País.

?Devo ficar aqui mais uns dias treinando com o pessoal e vou ter tempo suficiente, até o dia do jogo na Davis, para me preparar e trabalhar bastante. A Copa Davis é o meu próximo objetivo e vou me preparar para estar bem para o confronto. Por enquanto esse é o meu calendário?, comentou o jogador, que ainda não decidiu que competições disputará após o confronto com os canadenses.