O presidente da Assembléia Legislativa,
deputado Hermas Brandão.

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Hermas Brandão (PSDB), disse hoje que não pretende retirar as grades que foram instaladas ao redor dos prédios onde funcionam a administração e os gabinetes dos deputados. Brandão alega questões de segurança para não adotar a mesma medida do governador Roberto Requião (PMDB), que na noite de segunda-feira determinou a retirada de todas as grades da frente do Palácio Iguaçu.
O deputado disse que a Assembléia foi cercada porque havia muitos roubos em suas dependências e admitiu que a cerca também serve para conter manifestantes mais afoitos, como ocorreu durante a ocupação do plenário por estudantes que protestavam contra a privatização da Copel.(Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)