O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) autuou nesta sexta-feira (03) a Prefeitura de Ponta Grossa pelo não cumprimento do prazo estabelecido para adequação do Canil Municipal. Foi estabelecida multa diária no valor de R$ 1 mil até que a Prefeitura regularize o estabelecimento, que foi autuado em R$ 9 mil na última terça-feira (31) por apresentar condições irregulares e maus tratos aos animais. Além da multa, foi concedido prazo de 24 horas para adequação, que não ocorreu.

De acordo com a chefe do escritório regional do IAP em Ponta Grossa, Elma Romanó, o canil abriga 35 cães. ?A maioria está subnutrida, apresenta sintomas de doenças, como sarna, e come ração jogada no chão, muitas vezes misturada às fezes dos próprios animais?, disse Elma. ?Além disso, encontramos fezes de rato no local e também não há informação sobre a vacinação dos cães?, completou.

As instalações do canil foram vistoriadas novamente nesta sexta-feira (03) e, segundo Elma, nada mudou após a primeira visita do IAP. ?As baias continuam em péssimas condições e muitas vezes chegam a machucar os animais, que sequer recebem atendimento veterinário?, concluiu.