O Atlas Nacional, publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), passa a se chamar Atlas Nacional do Brasil Milton Santos. A Lei nº 11.159, que trata do novo nome do documento foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e publicada no Diário Oficial da União de hoje (3).

A lei é uma homenagem ao geógrafo Milton de Almeida Santos, morto em junho de 2001. Nascido na cidade de Brotas de Macaúba, no interior da Bahia, ele foi autor de 40 livros que inovaram o estudo da geografia no país. Era doutor em Geografia pela Universidade de Estrasburgo, na França, e advogado pela Universidade Federal da Bahia. Em 1994, recebeu o prêmio Vautrin Lud, o Nobel de Geografia.

Durante a ditadura militar, Milton Santos foi expulso do país e lecionou na França, Canadá, Peru, Tanzânia, Estados Unidos e Venezuela. Em 1977, retornou ao Brasil e tornou-se professor da Universidade de São Paulo (USP).