Thomas Coex/AFP

A imprensa holandesa se rendeu à atuação do atacante Arjen Robben, autor do primeiro gol da Laranja Mecânica sobre a Eslováquia na vitória de 2-1 que garantiu uma vaga nas quartas, nesta segunda-feira.

“Robben deu mostras seguidas da classe dele”, elogia o site do jornal “AD”, que ressalta o fato de o jogador do Bayern de Munique ter entrado em campo como titular pela primeira vez depois de ter sofrido uma distensão muscular em um amistoso contra a Hungria, en Amsterdã, no começo do mês.

“Robben foi a base da vitória”, afirma a agência de notícias ANP. “Uma ação admirável de Arjen Robben permitiu que a Holanda chegasse às quartas de final pela primeira vez desde 1998”, acrescenta.

Para o jornal popular “De Telegraaf”, o mais importante é que “depois de 12 anos a seleção está de novo entre as oito melhores do mundo”.

“A Holanda foi melhor que a Eslováquia, mas perdeu a chance de vencer por uma vantagem maior”, publica o “De Volkskrant”.

O jogador do Bayern de Munique não tinha começado como titular da seleção de Bert Van Marwijk nos três jogos da fase de grupos e ficou em campo apenas alguns minutos do terceiro jogo, contra Camarões (2-1).