A produção industrial brasileira cresceu 0,5% em julho, em relação ao mês anterior, registrando o quinto aumento consecutivo do ano, conforme divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Pesquisa Industrial Mensal mostra que o setor acumula de fevereiro a julho deste ano uma expansão de 6,1%. Em relação a julho do ano passado o aumento na produção global da indústria chega a 9,6%, refletindo o crescimento em 24 dos 27 setores pesquisados. Neste indicador, a indústria de veículos automotores, com expansão de 39,5%, se mantém como a de maior impacto positivo na formação da taxa global, seguida pelas de máquinas e equipamentos (21,8%) e fumo (171,0%).

De acordo com a pesquisa, o crescimento de 0,5% de junho para julho reflete aumentos na produção em 16 das 23 atividades que têm séries ajustadas sazonalmente. Os destaques são veículos automotores (5,4%), produtos de metal (7,0%), fumo (24,2%) e bebidas (4,9%).

Entre as atividades em queda, as taxas mais expressivas foram de farmacêutica (-6,3%), outros produtos químicos (-1,3%) e outros equipamentos de transporte (-6,1%).