O Ipardes calculou a primeira prévia da inflação de abril em Curitiba em 0,49%. O índice corresponde aos últimos 30 dias terminados no dia 8. A alta de 0,95% no preço dos alimentos e bebidas foi a maior responsável pelo índice. Caso este grupo tivesse se mantido estável, o índice da primeira prévia teria ficado em 0,30%. Na seqüência, aparece, em segundo lugar, o grupo vestuário, com aumento de 2,62%.

Individualmente, os itens que mais contribuíram no índice geral, pela ordem da maior para menor contribuição, foram: gasolina (-5,07%), automóvel de passeio e utilitário usado (1,63%), batata-inglesa (37,35%), refeição ? almoço e jantar (-2,70%), automóvel de passeio nacional zero km (2,04%), sapato feminino (17,12%), plano de saúde (2,98%) e álcool combustível (-4,41%).