Rio de Janeiro – A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 7 de janeiro ficou em 0,86% (calculado com base nos preços coletados entre os dias 8 de dezembro de 2006 e 7 de janeiro de 2007, comparados aos coletados entre 8 de novembro e 7 de dezembro). O índice foi divulgado nesta segunda-feira (08) pela Fundação Getúlio Vargas, e monitora os preços dos produtos mais comuns para as famílias brasileiras.

A taxa foi 0,23 ponto percentual acima da registrada na última semana (31 de dezembro de 2006) de 0,63% e a maior desde a terceira semana de maio de 2005, quando a variação foi de 0,99%.

De acordo com o coordenador da pesquisa, André Braz, dos sete tipos de despesas componentes do índice, Alimentação foi o que mais aumentou, passando de 0,05% para 0,78%.

?Isso ocorreu principalmente devido à pressão tradicional de janeiro sobre os preços das hortaliças, legumes e frutas, dada as especificidades do clima nessa época?, explicou Braz. Ele disse ainda que ?as mensalidades escolares, que compõem o item Educação, Leitura e Recreação, contribuíram com um aumento de 1,05%?.

O preço da gasolina, que faz parte do item Transportes, caiu 0,13% em relação à semana anterior. A queda, contudo, foi menor, quando a redução foi de 0,20%.  ?O motivo foi o aumento do preço do álcool, devido à entressafra, já que o combustível é adicionado na gasolina?.