A inflação na cidade de São Paulo atingiu a mais baixa elevação do ano, ficando em 0,12% em março contra 0,19%, em fevereiro e 0,65%, em janeiro. Essa variação também é a menor dos últimos nove meses.

Em junho do ano passado, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), da Universidade de São Paulo caiu com oscilação negativa de 0,16%. Na segunda prévia quadrissemanal do mês seguinte, em julho, houve deflação de (-0,35%).

O setor de transportes foi o único, em março, a registrar variação negativa de 0, 41%. Mas mesmo sendo positivo, a majoração média dos preços no grupo Educação foi de apenas 0,03%. Vestuário e Alimentação apresentaram a mesma alta: 0,10%. Habitação (0,27%) e as duas maiores foram registradas em Saúde (0,38%) e Despesas Pessoais (0,32%).