O ingresso de investimentos estrangeiros diretos no País atingiu, em outubro, US$ 825 milhões. No acumulado do ano, de janeiro a outubro, o saldo de investimentos estrangeiros diretos é de US$ 12,612 bilhões, equivalente a 1,95% do PIB. Em outubro do ano passado, os investimentos somaram US$ 1,316 bilhão e no acumulado janeiro-outubro de 2004 somavam US$ 13,697 bilhões, ou 2,73% do PIB daquele período. No acumulado dos últimos 12 meses, o IED atingiu US$ 17,081 bilhões, correspondente a 2,28% do PIB.

O resultado da conta capital e financeira, na qual está inserido o investimento direto estrangeiro, foi superavitário, em outubro, em US$ 2,122 bilhões. Em outubro de 2004, essa conta apresentava déficit de US$ 1,720 bilhão. De janeiro a outubro de 2005, a conta capital tem déficit de US$ 1,157 bilhão. No mesmo período do ano passado, o saldo foi negativo em US$ 8,893 bilhões.