Brasília – As projeções de mercado para o IPCA deste ano recuaram de 4,64% para 4,59% em pesquisa semanal do Banco Central (BC) divulgada hoje. Esta foi a segunda queda consecutiva destas previsões, que estavam em 4,60% há quatro semanas. Coma nova redução, as expectativas de inflação para este ano ficaram ainda mais próximo da meta central de 4,50% fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

A pesquisa também registrou a terceira redução seguida das previsões de IPCA deste ano das instituições Top 5 de 4,62% para 4,51% no cenário de médio prazo. Há quatro semanas, estas estimativas ainda estavam em 4,80%.

Para 2007, as previsões de IPCA continuaram estáveis em 4,50% pela 59º semana consecutiva. O porcentual é igual aos 4 50% da meta central de inflação fixada pelo CMN para o próximo ano. Para o período de 12 meses à frente, as projeções suavizadas de IPCA recuaram 4,46% para 4,43%. Esta foi a terceira queda consecutiva das estimativas, que estavam em 4,57% há quatro semana atrás.

Para fevereiro último, as previsões de IPCA caíram de 0 46% para 0,45%. Há quatro semanas, estas expectativas estavam em 0,47%. Para este mês de março, as projeções de IPCA 0seguiram a mesma tendência de queda e recuaram de 0,32% para 0,30%. Em pesquisa feita há quatro semanas atrás, as expectativas para inflação deste mês estavam em 0,33%.

A pesquisa do BC também registrou uma queda das previsões de reajuste dos preços administrados no próximo ano de 4,20% para 4%. O porcentual é inferior aos 4,10% projetados há quatro semanas atrás. Para este ano, as estimativas de reajuste dos preços administrados ficaram estáveis em 4,50% pela sexta semana consecutiva.