Uma cartilha especial para os revendedores de combustíveis estará sendo lançada oficialmente em todo o Estado pelo Instituto de Pesos e Medidas do Paraná ? IPEM. Chama-se ?De olho na bomba? e foi apresentada pela primeira vez durante o I Grande Encontro de Revendedores do Oeste e Sudoeste do Paraná, realizado em Cascavel.

O evento foi promoção do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Paraná (Sindicombustíveis-PR), com o objetivo de reunir os revendedores de combustíveis da região para debater assuntos de interesse do setor, como adulterações, fraudes, meio ambiente e ética no mercado.

Com uma programação que está sendo elaborada pelo instituto, a cartilha logo atingirá todos os pontos do Paraná, permitindo maior acesso dos proprietários e funcionários de postos de gasolina à legislação nacional. Paralelamente serão realizados seminários com as permissionárias responsáveis por mecânicas em manutenção e consertos de bombas, para que também acompanhem esse estreitamento de informações.

Para o presidente do Ipem, Leonaldo Paranhos, que promoveu o lançamento oficial da cartilha orientativa, ?é a legislação ao alcance do profissional do setor, com todos os itens especificados de forma a impedir que o posto possa incorrer em alguma irregularidade. Qualquer dúvida, basta o funcionário abrir a gaveta e lá estará a cartilha para esclarecer os pontos básicos da legislação?

Paranhos enfatiza o papel de orientação assumido pelo instituto a partir do lançamento do Programa Especial de Orientação ? Peso, com o objetivo de ?trocar o bloco de multas por um manual de orientação?.

O ?Peso?

O programa ?Peso? tem como principal objetivo organizar um trabalho de parceria entre o Ipem, fabricantes e comerciantes, para que a estrutura técnica e humana do instituto esteja à disposição dos interessados nas várias etapas de produção, desde a utilização da matéria prima para a fabricação até o instante em que o produto chegue ao consumidor.

A ação de orientação proposta pelo Ipem funciona também como proteção ao mercado, ao diminuir a concorrência de produtos inadequados e por isso mais baratos do que aqueles comercializados de acordo com as normas federais.

Em parceria com segmentos diversos, o ?Peso? realiza palestras, cursos, seminários e informações, com intenção de alcançar significativa melhoria nos diversos produtos, incentivando o consumidor final no exercício de seu direito de reclamar e exigir que governo e indústria coordenem e avaliem os resultados obtidos.

Com isso, fabricantes, comerciantes, exportadores, importadores, setor público, sindicatos, agropolos, fundações e associações de classe saem fortalecidos pela parceria que atinge finalmente o consumidor, o grande alvo de todo o empreendimento.