Israel deu início a uma ofensiva terrestre expandida no sul do Líbano depois de expressar sua insatisfação com um acordo emergente de cessar-fogo, disseram oficiais do governo.

O primeiro-ministro israelense Ehud Olmert e seu ministro da Defesa Amir Peretz, tomaram a decisão de expandir a ofensiva depois de um encontro de quatro horas hoje. Peretz instruiu o Exército a lançar a ofensiva, segundo oficiais.

O porta voz de Olmert, Asaf Shariv, que a incursão expandida já começou. Um acordo emergente de cessar-fogo sendo planejado pelo Conselho de Segurança da ONU não consegue atingir os requerimentos básicos de Israel, como o posicionamento de tropas de combate internacionais no sul do Líbano uma vez que Israel recuar, disse Shariv.