O presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), afirmou há pouco que não estava enviando um “recado” ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao afirmar, recentemente, que o presidente da República não deveria “se meter” nas eleições municipais. A declaração foi feita antes da participação de Lula em inauguração de obra da prefeita paulistana, Marta Suplicy, que concorre à reeleição pelo PT, e em visita a obras com o prefeito do Recife e candidato à reeleição, João Paulo (PT). “Não foi recado para o presidente. Eu estava fazendo um análise teórica da participação do presidente da República em eleições – pretéritas, presentes e futuras”, afirmou. E insistiu: “Não foi recado para o presidente Lula.”