Foto por:

Robert Millward, chefe de redação da agência Associated Press (AP), morreu na quinta-feira em seu quarto de hotel em Johannesburgo, provavelmente devido a um ataque cardíaco, informou nesta sexta-feira o veículo de comunicação americano. “Estamos atônitos, muito tristes”, explicou à AFP Simon Haydon, redator chefe da seção internacional de esportes. “Era um apaixonado, sempre ávido por acompanhar partidas e mais partidas”, acrescentou, indicando que o corpo será submetido a uma necrópsia. Robert Millward, de 58 anos, casado e sem filhos, tinha hipertensão. Trabalhava para a AP desde 1984, no escritório de Londres, onde dirigia a redação de futebol. Na África do Sul estava fazendo a cobertura de sua sétima Copa do Mundo.