O presidente da República em exercício, José Alencar, criou hoje um grupo interministerial encarregado de analisar, propor e acompanhar ações de fortalecimento ao Programa Nacional de Atividades Espaciais (Pnae).

Esse grupo é formado por integrantes dos ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), da Defesa (MD) e da Agência Espacial Brasileira (AEB), com o objetivo de atuar em cinco áreas principais.

Uma delas se refere a ações na área de cooperação internacional que beneficiem a capacidade de lançar e construir satélites. Outra, ao acompanhamento tanto do projeto de veículos lançadores de satélites, entre os quais o VLS-1, quanto dos satélites nacionais.

As demais se relacionam à análise e reavaliação da área necessária a empreendimentos espaciais no Centro de Lançamento de Alcântara (Cla), no Maranhão, e o acompanhamento dos investimentos e obras de reabilitação da infra-estrutura do Centro.

A coordenação dos trabalhos está a cargo da AEB, sendo que o grupo pode convidar integrantes de outros órgãos e entidades da administração pública, de entidades privadas, inclusive organizações não-governamentais, conselhos e fóruns locais para o acompanhamento ou participação nos trabalhos.