O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, anunciou hoje nesta capital a liberação pelo governo, nos próximos meses, de uma verba de cerca de R$ 279 milhões, para investimentos em obras em onze portos do país. O ministro também anunciou a intenção e a expectativa do governo de que o Congresso vote, antes do recesso parlamentar deste ano, o projeto de Parcerias Público-Privadas (PPPs), que irá regulamentar as formas de participação do capital privado em investimentos públicos, particularmente em infra-estrutura.

Ao falar sobre a importância da aprovação do projeto de PPPs, José Dirceu informou que as receitas do governo previstas para o ano que vem somam R$ 459 bilhões, mas 80% do dinheiro serão gastos com pagamento de juros, pessoal e Previdência Social e apenas os 20% restantes estarão disponíveis para todas as demais necessidades de investimento.