O juiz Federal da 2.ª Vara de Cuiabá, no Mato Grosso, Jefferson Schneider, concedeu prazo de mais 30 dias para a Polícia Federal concluir as investigações sobre o dossiê Vedoin, que supostamente atingiam os candidatos do PSDB José Serra e Geraldo Alckmin, respectivamente candidatos ao governo estadual de São Paulo e à presidência da República. A investigação agora vai se estender até o final de novembro próximo.

A decisão do juiz frustra parlamentares da oposição, que desejavam que o inquérito fosse concluído antes do final da eleição, no domingo.