Foto por: Rodrigo Arangua

Para Miroslav Klose, o terceiro lugar da Alemanha na Copa do Mundo, após vencer o Uruguai por 3 a 2, é apenas um consolo, já que ele não alcançou o recorde de gols na competição, que pertence ao brasileiro Ronaldo (15).

Com dores nas costas após a semifinal contra a Espanha (derrota da Alemanha por 1 a 0), Klose, com um total de 14 gols em três Copas, não jogou em Porto Elizabeth contra o Uruguai neste sábado.

O técnico alemão, Joachim Löw, preferiu escalar o alemão de origem brasileira Cacau como titular.

Klose, de 32 anos, seguiu a partida do banco de reservas, sem esperanças de poder igualar o recorde de 15 gols de Ronaldo na competição.

“Realmente queria jogar, mas depois do treino de sábado de manhã disse que não podia manter seu lugar. Estava decepcionado, mas sabia que não podíamos nos permitir ter um jogador com apenas 80% de sua capacidade”, explicou o treinador da seleção alemã.

O atacante do Bayern de Munique, o melhor jogador da Copa de 2006, não participará, a princípio, da próxima Copa do Mundo, o que deixa sua marca de gols em Copas congelada em 14 (5 em 2002 e 2006 e 4 em 2010).