José Cruz / ABr
José Cruz / ABr

O deputado teria recebido dinheiro
das contas de Marcos Valério.

Brasília ? O presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse hoje (7) que a mesa diretora da Casa encaminhará o laudo sobre o estado de saúde do deputado José Janene (PP-PR) ao Conselho de Ética para que os deputados decidam o que fazer sobre seu depoimento. Segundo o 1º vice-presidente da Casa, deputado José Thomaz Nonô (PFL-AL), apesar de não ser conclusivo, o laudo da junta médica da Câmara atesta cardiopatia grave e recomenda que o parlamentar não se submeta a situações de estresse.

José Janene responde a processo de cassação por ter sido citado pelo empresário Marcos Valério de Souza como um dos parlamentares que recebeu dinheiro. Segundo Valério, a verba seria para financiamento ilegal de campanha. O deputado cassado Roberto Jefferson (PTB-RJ) afirma que os recursos eram uma forma de comprar apoio dos parlamentares para votar em favor do governo.

No entanto, o deputado paranaense está de licença médica desde a abertura do processo e, até hoje, não prestou depoimento no Conselho de Ética. Só recentemente ele recebeu a notificação oficial, alguns meses depois de aberto o processo e depois de várias tentativas de entrega do documento.

O deputado José Janene entrou com um pedido na mesa de aposentadoria parlamentar, mas ainda não foi analisado. "Eu não vou aposentar o deputado José Janene enquanto não tiver certeza de que aposentado por invalidez ele não poderá voltar como candidato nas próximas eleições", disse Aldo Rebelo. O presidente da Câmara afirmou que ainda avaliará o pedido. "Embora a decisão seja médica, há desdobramentos políticos. Eu preciso fazer as consultas para ter a certeza do desdobramento jurídico de uma decisão dessa natureza", concluiu Aldo.

Com informações da Agência Câmara.