O governador Roberto Requião e o secretário especial para Assuntos Estratégicos, Nizan Pereira, já garantiram a liberação de recursos para a instalação de 21 telecentros na região do Vale da Ribeira. O projeto está orçado em R$ 336 mil, já estão disponíveis na Caixa Econômica Federal. A instalação dos telecentros depende agora da conclusão das licitações para a compra de equipamentos.

As vídeo-salas serão instaladas nas comunidades rurais que têm dificuldades de acesso à comunicação e estarão interligadas em rede pelo sistema digital de satélite, disponilizados por contratação dos serviços da Secretaria de Assuntos Estratégicos e da Companhia de Informática do Paraná (Celepar)

O projeto possibilitará, ainda, a implantação da metodologia Rede de Referências e do sistema Agrorede, através de unidades de referência nas propriedades rurais e lançamentos de dados via internet.

A iniciativa tem a parceria de várias entidades governamentais e não-governamentais como Secretaria da Agricultura, Emater, Deser, Sistema Cresol de Crédito Solidário, Instituto Maytenos, Aopa, Agência de Desenvolvimento da Mesorregião do Vale da Ribeira, Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Ribeira e prefeituras da região, que serão responsáveis pelos conteúdos do sítio do Vale da Ribeira.

Os telecentros serão utilizados para elaboração e transmissão de dados dos projetos de Crédito Rural à Agricultura Familiar (Pronaf), em especial na tramitação de documentos por via eletrônica. Isto possbilitará maior agilidade e a participação de mais beneficiários. Quando houver uma demanda maior de usuários do que suporta o Telecentro, será feita uma agenda de uso, privilegiando os processos mais produtivos ou de maior interesse comunitário.

Além de acesso à internet, os usuários contarão, ainda, com sinais de televisão, já que as vídeo-salas estarão contectadas ao sinal de satélite através de antenas parabólicas. Cada telecentro será coordenado por um comitê municipal e pelo Conselho Gestor regional.

O projeto prevê, ainda, realização de cursos de informática e programas de lazer comunitário, bem como a contratação de serviços de assessoria em computação para desenvolvimento do site, alimentação de conteúdo e manutenção de hardware. Os aplicativos de escritório internet, em software livre, e toda a configuração dos telecentros serão fornecidos pela Celepar.

Os municípios beneficiados são Dr. Ulysses, Cerro Azul, Adrianópolis, Tunas do Paraná, Itaperuçu, Rio Branco do Sul e Boacaiúva do Sul. Uma caravana de agricultores desses municípios participaram da reunião do secretariado da última terça-feira, quando agradeceram ao governador Requião e ao ministro Miguel Rosseto por esse e outros benefícios para região.