John Macdougall/AFP

Há apenas um africano, o ganense Gyan, autor de três gols no torneio, mas que perdeu aquele que classificaria as Estrelas Negras para a semifinal ao desperdiçar um pênalti no último minuto da prorrogação (120+1) da partida das quartas contra o Uruguai.

A América do Sul tem dois jogadores na lista de indicados.

O primeiro é o Bola de Ouro da Europa e Melhor Jogador da Fifa em 2009, o argentino Leo Messi, que deixou a África sem marcar um gol sequer.

O segundo é o uruguaio Forlán, que deve disputar no sábado a partida pelo terceiro lugar contra a Alemanha, em Port Elizabeth, onde tentará marcar para continuar na corrida pela Chuteira de Ouro (tem quatro gols).