O candidato do PT à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, disse há pouco, ao chegar à sede da Bovespa, que o mercado de capitais no Brasil é muito ?frágil?. Lula afirmou que a economia precisa voltar a crescer para que mais empresas tenham ações na Bolsa de Valores. ?A Bolsa vai ser mais forte na medida que for mais confiável e quando a economia estiver mais estável?, disse Lula, que está reunido neste momento com o presidente da Bovespa, Raymundo Magliano Filho.

Ao chegar à sede da instituição financeira, o presidenciável fez uma rápida visita ao pregão. Ele afirmou aos operadores que tinha conhecimento de que no passado 1,2 mil pessoas trabalhavam no local. ?Agora eu sei que só são 200. Mas o Brasil precisa voltar a crescer e nós temos que ter determinação?, afirmou.

Dentro de instantes, o petista fará uma palestra aos investidores. Às 17h o candidato deverá conceder coletiva à imprensa.