O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está reunido, neste momento, no Palácio do Planalto, com ministros e empresários dos setores produtivo, financeiro e comercial. Participam da reunião os ministros Antonio Palocci, da Fazenda; Luiz Fernando Furlan, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Luiz Marinho, do Trabalho e Emprego; Sérgio Rezende, da Ciência e Tecnologia; Jaques Wagner, da Secretaria de Relações Institucionais; e Henrique Meirelles, presidente do Banco Central.

Entre os mais de 20 empresários presentes, estão Jorge Gerdau, do Grupo Gerdau; o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf; Abílio Diniz, do Grupo Pão de Açucar, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto, e o presidente do Bradesco, Márcio Arttur Laurelli Cypriano.

Hoje de manhã, o presidente Lula recebeu representantes de confederações empresariais brasileiras. Os empresários entregaram ao presidente uma proposta de "Agenda Mínima para a Governabilidade", elaborada pelo Fórum Nacional da Indústria da CNI.

No documento, as confederações empresariais da Indústria (CNI), da Agricultura (CNA), das Instituições Financeiras (CNF), do Comércio (CNC) e dos Transportes (CNT), além da Ação Empresarial, destacam a importância da estabilidade econômica e ressaltam necessidade de "uma ação mais sistemática e ambiciosa de criação de condições para a redução das taxas de juros reais".