Vinte e quatro anos depois, uma mãe que entregou sua filha com menos de um ano para outra pessoa criar, e a garota, que procurava a mãe biológica desde os 10 anos, conseguiram se reencontrar em Curitiba. O abraço e as lágrimas marcaram um recomeço da vida das duas famílias.

Leia a matéria completa.