No confronto direto por uma vaga para a oitava-de-final da Liga dos Campeões, o Manchester United mostrou por que é um dos melhores times da Europa na atualidade. Jogando em casa, o líder do Campeonato Inglês venceu o Benfica por 3 a 1, de virada, e garantiu o primeiro lugar do Grupo F, com 12 pontos.

Além de vencer, os portugueses precisavam torcer por uma derrota do Celtic para o já eliminado Copenhague. E ela veio: 3 a 1 para os dinamarqueses. No entanto, com a derrota do Benfica no Old Trafford, a segunda vaga da chave ficou mesmo com os escoceses, que terminaram a primeira fase com nove pontos. Com um a menos, o Benfica vai ter que se consolar com a disputa da Copa da Uefa.

Com os brasileiros Luisão e Léo atuando como titulares, o Benfica começou surpreendendo. Aos 27 minutos, o Nelson acertou um lindo chute de fora da área no ângulo direito do goleiro Van der Sar. O resultado, até então, classificava os portugueses.

O Manchester foi para cima e conseguiu o empate nos acréscimos da primeira etapa. Aos 46, Giggs levantou na área e o sérvio Vidic aproveitou a má saída do goleiro Quim para completar para o gol. A virada veio aos 12 do segundo tempo: Cristiano Ronaldo fez bela jogada pela direita e cruzou na medida para Giggs cabecear para o gol. A pé de cal veio aos 30, quando o francês Saha recebeu na área e desviou sem chances para Quim.

Lille surpreende o Milan

Pelo Grupo H, o Lille foi à Itália, venceu os reservas do já classificado Milan por 2 a 0 e garantiu a passagem às oitavas-de-final como segundo colocado, com 9 pontos, um a menos que o adversário. Os gols foram marcados por Odemwingie e Keita. Os brasileiros Kaká e Ricardo Oliveira entraram no segundo tempo mas não evitaram a derrota.

O time francês foi beneficiado pelo empate por 2 a 2 do AEK para o Anderletch, na Bélgica. Com o resultado, os gregos, que dependiam de uma vitória simples para avançar às oitavas, ficaram em terceiro lugar na chave, com oito pontos.