Foto por: Carl de Souza

A família de Nelson Mandela decidirá a presença ou não do ex-presidente sul-africano na cerimônia de encerramento do Mundial da África do Sul-2010, este domingo, dia em que será disputada a final do torneio, entre Espanha e Holanda, anunciou a FIFA este sábado.

“Como sempre dissemos, será algo que se decidirá amanhã”, afirmaram autoridades da entidade, confirmando a presença das Casas Reais da Espanha e da Holanda.

O herói da luta contra o Apartheid, que celebrará 92 anos no próximo 18 de julho, está debilitado pela idade avançada e reduziu boa parte de suas aparições públicas.

O ex-chefe de Estado e prêmio Nobel da Paz devia ter assistido à abertura do Mundial, em 11 de junho, mas desistiu depois da morte de uma de suas bisnetas, na véspera do início da competição, em um acidente de trânsito.