Foto por: Franck Fife

O ex-presidente Nelson Mandela mandou uma carta nesta sexta-feira às autoridades de Gana para mostrar a torcida dele pelo país, que pega o Uruguai às 15h30 (em Brasília). “Neste acontecimento histórico que é a primeira Copa do Mundo na África é um grande prazer que Gana tenha chegado às quartas de final”, escreveu Mandela. “Nós nos juntamos a todas as pessoas do continente para lhes desejar sorte”, acrescentou, em carta ao presidente da Federação Ganesa de Futebol, Kwesi Nyantakyi. O Prêmio Nobel da Paz, que faz 92 anos neste mês, teve um papel determinante na eleição do país para receber os jogos. O ex-presidente não foi à partida inaugural porque uma bisneta morrera na véspera, ao sair da cerimônia de abertura. Gana é a única seleção africana, das seis que jogaram na África do Sul, a ir para as quartas.