O governador do Estado de São Paulo, José Serra, concedeu na tarde deste sábado, 13, uma entrevista coletiva sobre o acidente nas obras da Linha 4-Amarela do Metrô, transmitida pela Bandnews. "Para que não haja mais deslizamento, por outro lado, outra providência é no sentido de reequilibrar a grua, pra isso está se trabalhando desde já. Também embaixo da Marginal, no túnel existente, colocando concreto. Isso poderá permitir, se tudo ocorrer bem, abrir a pista de velocidade (expressa) da Marginal amanhã à noite".

O governador confirmou a contratação do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), pela Secretária de Transportes Metropolitanos e Metrô, para a elaboração de uma laudo a respeito das causas do acidente. "Tudo vai ter que ser analisado cientificamente para poder chegar a uma conclusão. Para o governador especular não é apropriado. Nós temos que ter uma investigação feito pelo IPT para fornecer um diagnóstico responsável".

Serra ainda comentou as mudanças da estratégia de buscas. "Não há mais possibilidade de se avançar por baixo (túnel) por questão de engenharia e de perigo. Serão feitas escavações por cima". Trinta homens, e dez viaturas do Corpo de Bombeiros trabalham no local do acidente.