A Marinha localizou por volta das dez horas de hoje, no fundo da Baía de Guanabara, o barco pesqueiro Costa Azul, que afundou após colidir ontem à noite com o navio mercante Roko, com bandeira das Bahamas, que vinha de Itajaí. Foi usado um equipamento chamado Garateia, que tem uma espécie de gancho para explorar o fundo da baía. A localização do barco pesqueiro foi facilitada pela presença de manchas de óleo na água, no local do acidente, que ajudaram as equipes de resgate a encontrar a embarcação

O acidente ocorreu a dois quilômetros da ponte Rio-Niterói. O barco pesqueiro afundou com 12 pessoas da Empresa Consórcio Barranova, que prestariam apoio às obras do emissário da Barra da Tijuca. Quatro delas foram resgatadas e oito ainda estão desaparecidas. Segundo informações da Marinha, as buscas prosseguem e contam com uso de pelo menos quatro lanchas e um rebocador, além de 60 homens da capitania dos Portos, com mergulhadores. Os sobreviventes estão no Hospital Central da Marinha, que fica na Praça Mauá, e as primeiras informações são de que passam bem