Um adolescente de 14 anos foi encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital, na tarde deste domingo (1), após colidir o kart que conduzia contra um poste. Ele ficou preso nas ferragens e precisou ser retirado pelos bombeiros. Durante o atendimento ao menino, um motorista bateu contra a viatura do Corpo de Bombeiros, parada na via, e se evadiu do local.

Adolescente bate kart contra um poste e é levado em estado gravíssimo ao hospital. Foto: Gerson Klaina
Adolescente bate kart contra um poste e é levado em estado gravíssimo ao hospital. Foto: Gerson Klaina

O acidente foi por volta das 15h na Rua Amor Perfeito, quase esquina com a Rua Primavera, no Bairro Guatupê, em São José dos Pinhais. Conforme a vizinhança da rua, o adolescente costumava andar com aquele kart por ali. Um morador local contou que, neste domingo, o menino vinha reto pela Rua Amor Perfeito e se perdeu sozinho na direção. O jovem ainda teria golpeado o volante para o lado, para evitar a batida, mas não houve tempo. Ele bateu com força no poste.

Conforme o tenente Zirpoli, do Corpo de Bombeiros, pela lesão que o menino teve na cabeça, provavelmente não usava capacete. Ele ficou com os pés e pernas presos nas ferragens e foi preciso os bombeiros cortarem o kart para tira-lo de lá. Como os ferimentos eram muito graves, ao invés de levar o jovem para um hospital mais próximo, foi necessário encaminhá-lo a um hospital de maior porte. Por isto a vítima foi encaminhada para o hospital Evangélico, em Curitiba.

Outro acidente

Os Bombeiros já tinham feito seu trabalho quando envolveram-se em outro acidente. Eles saíam do local quando um Fiesta bateu na parte da frente da viatura, e quebrou o rodoar e o farol dianteiro direito do caminhão. Não se sabe por qual motivo, o motorista do Fiesta fugiu do local. Talvez estivesse alcoolizado ou com a documentação do veículo irregular. Mas populares anotaram a placa e passaram à Polícia Militar.

Um Fiesta atingiu o caminhão dos bombeiros e fugiu do local, mas a placa foi anotada. Foto: Gerson Klaina
Um Fiesta atingiu o caminhão dos bombeiros e fugiu do local, mas a placa foi anotada. Foto: Gerson Klaina