Em depoimento à CPI Mista da Terra, o presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Dom Tomás Balduino, informou que, de 1985 a 2003, foram assassinados no Brasil 1.003 trabalhadores rurais. Dom Tomás disse aos parlamentares que apenas 75 destes casos foram julgados até hoje. Segundo ele, 64 executores foram condenados e 44 absolvidos.