O anteprojeto que recupera salários dos professores nas Universidades e Faculdades Estaduais do Paraná vai ser encaminhado nesta segunda-feira (8) à Assembléia Legislativa. A entrega da mensagem do governador Roberto Requião, que beneficia 7.805 professores de 16 instituições de ensino superior, vai ser feita pelo secretário-chefe da Casa Civil, Caito Quintana, pelo secretário do Ensino Superior, Aldair Rizzi, e pelos reitores.

Depois de aprovado pela Assembléia Legislativa, a medida vai beneficiar 5.208 professores ativos, 1.648 inativos e 948 colaboradores de 5 universidades e 11 faculdades. O plano de reestruturação de carreira prevê um reajuste médio de 18,68% , podendo chegar a 32% para algumas categorias, atingindo um total de 10.562 professores.

Além do reajuste, o anteprojeto prevê um conjunto de outras providências administrativas e de gestão. Um exemplo é a regularização do plano de cargos, carreiras e salários para o pessoal técnico-administrativo de todas as instituições de ensino superior, solucionando uma pendência histórica e conferindo mais segurança nas relações entre governo, professores e servidores das universidades e faculdades estaduais.

Caito Quintana lembra que várias foram as reuniões para conseguir a padronização das tabelas de vencimento, cálculos de gratificações, enquadramento de funcionários e cargos. ?Esse é mais um avanço do governo Roberto Requião é dá mostras de que, apesar das restrições impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, é possível corrigir erros do passado?, afirma o secretário-chefe da Casa Civil.