Ao chegar para a reunião ministerial , o líder do governo no Congresso, senador Aloizio Mercadante (PT-SP), disse que considera oportuno que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fale à Nação. Ele considera que a reunião ministerial seria uma ótima oportunidade para isso. "O sentimento nosso é de indignação, é de perplexidade com todas essas informações e esse, seguramente é o sentimento do presidente", afirmou.

"Todo esse sentimento de perplexidade, indignação, traição em relação aos dirigentes do partido é o sentimento do presidente e espero que ele expresse isso e que possa demonstrar mais uma vez sua seriedade, sua ética, seu compromisso com a transparência, e a sua disposição de que tudo isso seja apurado e que todos sejam punidos e que o Brasil possa fazer reformas para que isso não se repita". Até o momento, porém, a Presidência da República não confirmou se o presidente fará mesmo um pronunciamento .