Você já comprou alguma coisa através da plataforma Mercado Livre? Bom, se você é um dos quase 80 milhões de visitantes mensais do site é bem provável que já tenha efetuado uma compra. Porém, você tem ideia da estrutura que está por trás de um simples clique no botão “comprar”?

A Tribuna do Paraná foi convidada para visitar a sede do Mercado Livre, em São Paulo. Olha, é de deixar muitos de queixo caído. Instalada numa antiga metalúrgica em Osasco, a “Melicidade” parece realmente uma cidade. São 17 mil metros quadrados, em dois andares, com 2.300 funcionários trabalhando em três turnos.

Funcionários têm à disposição restaurante, café, academia, entre outros benefícios. Foto: Divulgação
Funcionários têm à disposição restaurante, café, academia, entre outros benefícios. Foto: Divulgação

Fundado em 1999, na Argentina, o Mercado Livre hoje é um ecossistema, que está presente em 18 países da América Latina, conta com mais de 38 milhões de compradores e realiza 1 milhão de entregas todos os dias. Além disso, cerca de 500 mil pessoas contam com o Mercado Livre como sua principal fonte de renda.

Comemorando 20 anos, o Mercado Livre se divide hoje em marketplace, mercado pago, que é o braço financeiro da plataforma, mercado shops, que reúne as diversas lojas online dentro deste ecossistema, tem o ramo de publicidade e tem o braço de logística, onde a empresa conta com dois Centros de Distribuição em São Paulo, com mais de 100 mil metros quadrados cada um e está prestes a inaugurar mais dois, ainda sem revelar o local.

No Brasil

A operação no Brasil representa 55% da receita líquida do Mercado Livre O Mercado Livre tem 79 milhões de visitantes únicos por mês, é o oitavo aplicativo mais baixado do Brasil e o primeiro do setor de varejo. São 6 mil buscas e 12 vendas fechadas por segundo. 60% das vendas de autopeças da internet passam pelo Mercado Livre.

Falando em veículos, 25% de toda audiência do Mercado Livre está na busca de comprar ou vender um veículo. Mais de 85% dos usuários iniciam a compra de um veículo pela internet e cerca de 47% já chegam nas concessionários decididos.

As maiores buscas estão concentradas nos veículos com preço até R$ 70 mil. Os melhores meses para vender seu veículo, segundo a pesquisa do Mercado Livre, são julho e agosto, quando existe um número bem maior de pessoas procurando veículos e os melhores meses para comprar são agosto, setembro e outubro, quando aumenta consideravelmente a quantidade de anúncios de veículos.

Os veículos mais procurados na Região Sul são a Chevrolet S10, o Volkswagen Gol, a Toyota Hilux, a Ford Ranger e a Volkswagen Saveiro.

Melicidade

Uma verdadeira cidade, com 2.300 funcionários. Foto: Carlos Borio
Uma verdadeira cidade, com 2.300 funcionários. Foto: Carlos Borio

Em 2016, o Mercado Livre centralizou toda sua operação em Osasco. Para isso, criou a “Melicidade”, uma estrutura de dar inveja. Os 2.300 funcionários têm a disposição 144 salas de reuniões, espaços para relaxar em redes, restaurante, café, estações de frutas, e o Mellimall, uma espécie de shopping center, com academia, sala de recreação, posto bancário, salão de beleza, massagem, posto médico e muito mais.