O deputado federal Miguel Arraes, presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), deve ser submetido hoje a nova transfusão de sangue, para repor o nível das plaquetas, que permanece baixo. A adoção do procedimento vai depender do resultado do exame de sangue, que foi realizado hoje pela manhã. Para os médicos, o estado geral de saúde do ex-governador de Pernambuco continua grave.

Ontem, o parlamentar, de 88 anos, que está internado há 55 dias no Hospital Esperança, passou o dia consciente e cooperando com os médicos na realização dos exames de rotina. Ele também fez a décima sessão de hemodiálise. Uma radiografia do tórax indicou que os pulmões do deputado estão menos infiltrados.

Segundo o assessor de imprensa do PSB, Evaldo Costa, a maior preocupação da equipe médica é com os rins de Arraes, que estão sem funcionar há cerca de 10 dias. Por essa razão, foram incluídas no tratamento sessões diárias de hemodiálise.