Assim que o atacante Ahn marcou o histórico gol de ouro na partida contra a Itália e pôs a Coréia do Sul nas quartas-de-final da Copa do Mundo, o país entrou em um verdadeiro delírio futebolístico. Segundo estimativas da polícia de Seul, mais de um milhão de pessoas foram às ruas do centro da capital coreana para comemorar o feito inédito. Em todo o país de 47 milhões de habitantes, estima-se que um número superior a 4 milhões de pessoas saíram de suas casas para participar do êxtase coletivo. Em Busan, a segunda maior cidade do país, dezenas de milhares de torcedores formaram uma corrente humana de 3 quilômetros. Juntos, por todo lado, mais do que nunca eles demonstraram o envolvimento com o Mundial e o amor à pátria. Em fotos aéreas é possível perceber que substituíram as outras cores da paisagem coreana pelo vermelho vivo das camisetas  torcida.