Brasília – O ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, anunciou há pouco que o governo pretende promover mais dois leilões de biodiesel, em março e abril. Segundo ele, nessas duas licitações serão ofertados, ao todo, 500 milhões de litros do combustível. Técnicos do Ministério explicaram que no leilão de março será licitado biodiesel para ser entregue em julho e, no de abril, para entrega no ano que vem.

Rondeau fez o anúncio durante solenidade de assinatura dos primeiros contratos de compra de biodiesel pela Petrobras de quatro fornecedores privados. Os contratos se referem ao primeiro leilão do combustível, feito no ano passado, no qual foram contratados 65,3 milhões de litros para entrega ao longo deste ano.

Por enquanto, a mistura de 2% de biodiesel ao óleo diesel comum é facultativa, mas ela deve passar a ser obrigatória a partir de 2008.