O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que está buscando apoio dos empresários para a aprovação do projeto que cria o Fundo Nacional para a Educação Básica (Fundeb) pelo Congresso Nacional. Haddad disse esperar que o fundo seja votado ainda este ano.

"Estamos fazendo um mutirão no país junto aos governadores, prefeitos, dirigentes educacionais municipais e estaduais. Esta semana deflagramos uma discussão com os empresários para que eles também se envolvam nesta agenda. Empresário pede queda dos juros e da carga tributária. Estamos reivindicando que eles incluam na sua agenda a pauta da educação porque o futuro do país depende disso", afirmou Haddad.

O ministro concedeu, nesta segunda-feira, autorização ao Instituto Nacional de Surdos (Ines), no Rio, para formar em nível superior professores bilíngües na linguagem de sinais.