O ministro egípcio das Relações Exteriores, Ahmed Maher, 68, atacado hoje durante uma visita à Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, está “em bom estado de saúde”, e deve sair do hospital nas próximas horas, informou seu porta-voz, Tareq Adel. “Ele está em bom estado de saúde, e deve sair do hospital daqui a pouco”, afirmou Adel.

O porta-voz afirmou que o ministro se sentiu incomodado com uma confusão que ocorreu quando era retirado da Esplanada. “Dois ou três indivíduos agrediram verbalmente Maher para expressar sua decepção e preocupação com sua visita em Israel. Os agentes de segurança israelenses decidiram então que devíamos nos retirar, e uma confusão ocorreu enquanto íamos embora”, disse. (FolhaNews)