Brasília ? O Brasil possui um alto índice de acidentes de trabalho que não são notificados. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, no Brasil, a cada 10 acidentes, apenas um é conhecido. Em entrevista à Agência Brasil, o ministro da Previdência Social, Nelson Machado, avalia que pela gravidade do problema os gestores responsáveis pela saúde do trabalhador precisam reduzir urgentemente a subnotificação.

"Além de reduzir os acidentes, é preciso reduzir a subnotificação. É muito comum as empresas deixarem de notificar os acidentes de trabalho. É importante a gente trabalhar nesse sentido", disse. A responsabilidade de fazer a notificação, conhecida como Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), é das empresas e a fiscalização dos auditores fiscais do Ministério do Trabalho.

Em São Paulo, a estimativa da Secretaria de Saúde mostra que a notificação é emitida para somente 20% dos trabalhadores contratados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Esse número é o dobro do que o encontro na Finlândia, mais de quatro vezes mais do que na França, e mais de oito vezes do que se encontra na Espanha.