Começa daqui a pouco, na residência oficial da Granja do Torto, a 11ª reunião ministerial desde o início do atual governo e a primeira com a nova equipe, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende que o acompanhe até o final de seu mandato.

Ao chegar para a reunião, o líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia, disse que no encontro serão discutidos vários assuntos de governo. Questionado se o presidente deveria fazer um pronunciamento à nação para falar da atual crise política, Chinaglia respondeu: "O que interessa à nação é uma conjunto de interesses que dizem respeito às ações de governo e à preocupação que o presidente tem com vários aspectos da sociedade".

O depoimento do publicitário Duda Mendonça na CPMI dos Correios, segundo Chinaglia, não atingiu o presidente.

O encontro está previsto para se estender até as 19 horas.