Os ministros da Saúde dos países do Mercosul assinaram nesta sexta-feira acordos para agilizar e intensificar a integração entre os países que integram o bloco econômico. Entre as medidas que vão ser adotadas estão a adoção de uma política de medicamentos, o plano de ação para o controle da dengue nas regiões de fronteira e a revisão do regulamento sanitário internacional.

O ministro Humberto Costa coordena os debates da 17ª Reunião dos Ministros de Saúde do Mercosul e Estados Associados. As discussões incluem ainda a criação de um plano de ação para saúde sexual e de reprodutividade no Mercosul; a promoção de uma política de controle da transmissão do HIV/Aids materno-infantil, além do programa de vigilância e controle de doenças transmissíveis, como cólera, doença de Chagas, febre amarela e sarampo.