Os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, e da Fazenda, Antonio Palocci, decidiram hoje, em reunião conjunta, lançar os contratos de opção de venda para o café. A quantidade de contratos e o valor de exercício de cada saca do produto serão definidos em reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN) na próxima semana. ?A reunião consolidou a decisão do governo de dar suporte à comercialização do produto por meio dos contratos de opção?, disse o ministro Rodrigues.

Palocci afirmou que o governo tem muito interesse em incentivar o setor. ?Esta medida é importante para a agricultura, que passa por um momento extraordinário e tem contribuído para o superávit da balança comercial?, disse, acompanhado por seu secretário-executivo, Bernard Appy, e o secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy.