Os moradores da Vila Osternack, na periferia de Curitiba, fizeram uma manifestação hoje pela manhã para reivindicar o asfaltamento de uma rua. O trecho, de cerca de 500 metros, fica entre as ruas Eduardo Pinto da Rocha e Reinaldo Carvalho Bola, e é o principal acesso a uma escola estadual, creche e dois loteamentos.

A situação está insuportável, diz a moradora Maria Dalva Pereira Alves, que garante que não abre mais casa porque não consegue conviver com a sujeira. Ela afirma que já fizeram diversas reclamações na Prefeitura, mas nada foi feito. Maria Dalva afirma que a população do bairro não vai tolerar a situação, e se em quinze dias não forem tomadas providências, eles irão abrir buracos na rua para evitar a passagem dos veículos. (Leia mais na edição de amanhã de O Estado do Paraná)